Skip to content

começa com você

Todos nós somos únicos e Deus colocou você em um círculo único de pessoas que confiam no que você diz e valorizam suas palavras. Ao compartilhar sua fé de uma forma que é genuinamente sua, você pode causar um impacto significativo nas vidas deles.

Uma vez que você encontre propósito no compartilhamento do evangelho, é importante assumir, pessoalmente, a responsabilidade de ajudar as pessoas a conhecer Jesus em sua vida cotidiana.

O evangelismo não é apenas para uns poucos escolhidos — é um chamado de Jesus para todos nós e, em última análise, para você. Em nosso mundo acelerado, super estimulado, e sub-conectado, muitos de nós podem sentir que compartilha Jesus é apenas para os grandes gigantes da fé. Nós somos inundados por feeds de redes sociais cheios de pastores influentes e, bem, influenciadores. A eloquência e o charme dessas pessoas pode perpetuar a mentira de que compartilhar a mensagem de Jesus é um trabalho reservado para certos indivíduos que receberam uma porção extra da graça. Pessoas especiais, cujo dom é o evangelismo.

A verdade é que compartilhar Jesus é para todos, e não apenas para alguns evangelistas que tem o “dom”. A questão não é se eu fui chamado para evangelizar. A pergunta, na verdade, é: “será que não estou pensando demais e perdendo oportunidade de agir em parceria com o Espírito Santo no trabalho que ele já está fazendo na vida das pessoas?”

Compartilhar Jesus começa com você se conectando a seu mundo de maneira pessoal.

Jesus nos mandou compartilhar o evangelho, conforme estabelecido na Grande Comissão (Mateus 28.19-20), é aplicável a todos que o seguem. Ou seja, você! Nós somos responsáveis por conectar Jesus com nosso mundo — nossa família, amigos, colegas, e qualquer outra pessoa que cruze nosso caminho.

Jesus nos chama a compartilhar o evangelho com todos, mas não necessariamente com todos ao mesmo tempo. Se Jesus se conecta com cada um de nós de maneira pessoal, faz sentido que façamos isso com outras pessoas. Para fazer isso de maneira eficiente, é vital construir relacionamentos autênticos com aqueles ao redor de você. Seja honesto sobre sua jornada espiritual, oferecendo suporte e encorajamento de maneiras significativas, e envolva-se em conversas sobre a espiritualidade e a fé.

Passe tempo com as pessoas sem segundas intenções. Um bom teste é perguntar a si mesmo: eu investiria nessa pessoa mesmo que ela nunca aceitasse Jesus? Demonstre interesse genuíno nas pessoas: faça coisas que elas gostam de fazer, ouça mais do que fale, aprenda a se sentir confortável com longos períodos de silêncio, valorize e ame a pessoa que está na sua frente. Conecte-se com a pessoa que está diante de você. Exceto por Deus, elas são a coisa mais gloriosa em toda criação.

Por meio de conexões relacionais profundas, você criará oportunidades para compartilhar as boas novas de Jesus de forma que pareça natural e honesta.

Assumir pessoalmente a responsabilidade de compartilhar Jesus envolve aprendizagem e crescimento contínuos. Procure recursos, treinamento e ferramentas que ajudem você a compartilhar o Evangelho. Também é crucial lembrar que o Espírito Santo te guia e capacita enquanto você compartilha Jesus. Construir intencionalmente a sua relação com Ele ajudará você a superar seus medos e limitações para compartilhar o evangelho com outras pessoas de maneira confiante.

Ao assumir a responsabilidade pessoal de compartilhar sua fé com aqueles que estão ao seu redor, você cria um efeito cascata que se estende muito além do seu alcance imediato, acabando por levar a mensagem de esperança e salvação para mais pessoas. Lembre-se que compartilhar Jesus é algo para todos, e não apenas para evangelistas que tem o “dom”. Aproveite a oportunidade, abrace a sua vocação, e faça diferença na vida daqueles que estão em sua esfera de influência.

LEMBRE-SE
  • Começa com você.
  • Construa relacionamentos autênticos; passe tempo com as pessoas sem segundas intenções.
  • Conecte o seu mundo a Jesus da maneira como só você é capaz de fazer, compartilhando Jesus de forma genuína e única.
Próximos passos
  • Leia Mateus 5.13-16 na versão A Mensagem.
  • Faça uma lista de coisas que você gosta ou em que você é bom, e veja se você poderia compartilhar Jesus por meio dessas coisas.
  • Compartilhe seu testemunho com seus amigos cristãos sobre as vezes em que você compartilhou Jesus com alguém e ouça as histórias deles a esse respeito.
  • Leia um bom livro sobre responsabilidade pessoal – Procurei Alá, Encontrei Jesus, de Nabeel Qureshi – O refúgio secreto, de Corrie Tem Boom – A volta do filho pródigo, de Henry Nouwen.
Suporte Bíblico
Hebreus 10:24-25

E consideremo-nos uns aos outros para incentivar-nos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia.

Colossenses 3:23

Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens.

Gálatas 6:5

Pois cada um deverá levar a própria carga.

Mateus 22:37-40

Respondeu Jesus: “‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas”.

1 Tessalonicenses 5:14

Exortamos vocês, irmãos, a que advirtam os ociosos, confortem os desanimados, auxiliem os fracos, sejam pacientes para com todos.

Mateus 28:19-20

Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei.

2 Coríntios 5:10

Pois todos nós devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba de acordo com as obras praticadas por meio do corpo, quer sejam boas quer sejam más.

This site is registered on wpml.org as a development site.