Skip to content

Como compartilhar Jesus quando você não sabe o que dizer

Algumas pessoas têm um talento especial para falar de Jesus. É algo que parece tão fácil para elas, mas, para ser sincero, pode ser um pouco desanimador para o resto de nós. Anime-se! Aqui estão algumas ideias sobre como compartilhar Jesus se você não está conseguindo encontrar as palavras certas.

Pense nisso. Todos nós estamos cercados por uma cultura particular. No começo, pode não ser fácil perceber, mas os valores, a linguagem, as atitudes e as experiências que compartilhamos com determinado grupo de pessoas ou que ocorrem em certo lugar determinam a cultura, e isso molda a maneira como nós vemos o mundo. Quando missionários vão para uma cultura estrangeira, eles primeiro passam um bom tempo observando e entendendo a cultura e a língua. Paulo fez isso em Atenas, quando ele começou uma conversa sobre Jesus apontando para o altar “a um deus desconhecido”, apresentando Jesus como o Deus que poderia ser conhecido. (Atos 17.23)

Aqui está a ideia principal: compartilhar Jesus começa quando você observa a cultura ao seu redor e procura por maneiras de refletir a natureza de Jesus de volta para aquela cultura.

Faça da observação um hábito. Procure por conceitos e formas de falar dentro da cultura que encapsulem as características principais de Jesus: amor, misericórdia, esperança, redenção, salvação, e sacrifício. Por exemplo, é fácil encontrar filmes que tenham um “personagem Jesus” — alguém que entrega sua vida em favor de outros. Invista tempo observando sua cultura e veja de que maneiras você pode usar a linguagem e as ideias da cultura para apontar para Jesus.

Em seu famoso Sermão do Monte, Jesus diz a seus seguidores (isto é, você) que eles devem ser o “sal da terra”. Você coloca sal na comida para ressaltar o sabor e fazer com que ela tenha um gosto melhor. Eugene Peterson escreve assim na obra “A Mensagem”, sua paráfrase da Bíblia:

“Deixe-me te dizer por que você está aqui. Você está aqui para ser um tempero como o sal, ressaltando os sabores de Deus nesta terra. (…) Eis outra forma de dizer isso: você está aqui para ser luz, ressaltando as cores de Deus no mundo. Deus não é um segredo para ser guardado. Nós estamos tornando isso público, tão público quanto uma cidade construída no alto de um monte”.

Mateus 5.13-14

Viva a sua vida na vitrine. Não de uma maneira que traga a atenção para você, mas de maneira que atraia a atenção para a bondade de Deus. Você pode começar a compartilhar sua fé nas redes sociais, gravando um testemunho em vídeo sobre como Deus tem sido bom para você. Seja transparente com seus amigos a respeito de como Deus respondeu suas orações, ou sobre como ele falou com você de maneira pessoal.

Jesus também diz a seus seguidores que eles devem ser uma luz no alto de uma monte. A coisa mais impressionante sobre a luz é que as trevas não têm qualquer poder sobre ela. A luz sempre vai penetrar as trevas e esmagar a escuridão. Basta que ela possa brilhar. O fato de que você pode ver a luz de estrelas que estão a milhões de anos luz de distância é uma prova disso. O mesmo é verdade a respeito da luz que brilha em você.

Deixe a bondade e o poder de Deus brilharem através de você como uma luz no alto de um monte. Deixe o fruto do Espírito ser visto em sua vida: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, amabilidade, fidelidade e domínio próprio. As pessoas verão essa luz e alguns perguntarão o que há de diferente em você. Ser sal e luz naturalmente gera oportunidades de falar de Jesus.

This site is registered on wpml.org as a development site.